Rio tem conflito e Congresso é invadido

Rio tem conflito e Congresso é invadido

Diversas capitais do Brasil já se preparam para novas manifestações de rua nesta segunda-feira. Em Belo Horizonte, onde Nigéria e Taiti jogam pela Copa das Confederações, o ato começou mais cedo, e as cerca de cinco mil pessoas que participam do protesto fecharam a Praça Sete, no Centro da capital mineira, para protestar contra reajuste da passagem de ônibus e gastos excessivos com Copa do Mundo e Olimpíadas.

O protesto segue, neste instante, para o estádio do Mineirão.Em São Paulo, onde quase 270 mil pessoas confirmaram presença, via redes sociais, no “Quinto Grande Ato Contra o Aumento das Passagens”, o secretário de Segurança Pública, Fernando Grella Vieira, garante que não haverá proibição para que o protesto chegue à Avenida Paulista. Também garantiu que, desta vez, a Polícia Militar não usará balas de borracha contra os manifestantes, ao contrário do ato da última quinta-feira, reprimido violentamente pelo Batalhão de Choque.

O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, apareceu de surpresa em reunião do Movimento Passe Livre (MPL), que iniciou os protestos na capital paulista, com o secretário de governo, Antônio Donato, mas disse que não seria possível “revogar o aumento da tarifa por motivos técnicos”. Em nota, integrantes do MPL discordaram da posição de Haddad, afirmando que não se trata “de uma questão técnica, mas política”. Neste momento, mais de 2 mil pessoas já se encontram no Largo da Batata, ponto de encontro dos manifestantes.

No Rio de Janeiro, 150 PMs já ocupam a Praça da Candelária, para acompanhar o evento marcado para começar às 17h. No Facebook, mais de 65 mil pessoas confirmaram ida ao protesto. Domingo, na Quinta da Boa Vista, o Batalhão de Choque foi para cima dos manifestantes que tentavam se aproximar do Maracanã; eles terminaram se refugiando na Quinta da Boa Vista, onde foram alvo de bombas de gás lacrimogêneo e spray de pimenta, ao lado de pais e filhos que nada tinham a ver com a manifestação. Em Maceió, capital da Alagoas, cerca de 700 pessoas já se concentram para um ato na Praça Centenária, no Bairro do Farol. Em Brasília, centenas de estudantes, principalmente secundaristas, se concentram no Museu Nacional para uma passeata até o Congresso Nacional na tarde desta segunda-feira.

VEJA O QUE JÁ ACONTECEU NOS PROTESTOS PELO BRASIL

17h30 – SP – Na primeira atualização oficial da Polícia Militar de São Paulo, a informação é de que mais de 5 mil pessoas já se concentravam no Largo da Batata, onde começou a manifestação na cidade.

18h – SP – Estimativa da PM de São Paulo cresce bem e oficiais já estimam que 30 mil pessoas estão presentes na manifestação na cidade.

18h20 –  SP – Manifestação se divide em duas frentes: uma vai pela avenida Faria Lima, a outra está em direção à Marginal Pinheiros. Uma outra frente ia para a avenida Paulista, mas retornou antes de chegar e se dirige à Faria Lima

19h – RJ – Escadarias do Theatro Municipal, Biblioteca Nacional e Câmara dos Vereadores tomadas por manifestantes.

19h10 – AL – Manifestantes fecham os dois sentidos da Avenida Fernandes Lima, a principal da cidade.

19h23 – DF – Manifestantes invadem o Congresso Nacional em Brasília.

19h56 – RJ – Manifestantes invadem a Assembleia no Centro da cidade e entram em confronto com a PM.

20h – MG – Informações dão conta de que um manifestante caiu de um viaduto. Não existem mais informações sobre o estado de saúde

20h30 – RJ – Manifestantes que entraram em confronto com a PM viram carro.     Fonte

Comente este artigo :

Tags: ,