Conheça qual é a melhor depilação para homens

Conheça qual é a melhor depilação para homens

Quando se fala em pelos no corpo é fácil lembrar do ator Tony Ramos. Mas ele precisou deixar a marca registrada de lado para viver o presidente Getúlio Vargas no filme “Os últimos Dias de Getúlio”. Para fazer depilação no peito, costas e barriga, o ator contou com um profissional de Hollywood. E você, sabe qual é a melhor maneira de se livrar dos pelos? Nesse Dia do Homem, VIDA mostra os prós e contras de cada procedimento.

O engenheiro Renan Pádua Stefanon, 25 anos, tinha muita irritação no pescoço, devido aos pelos. Por isso, ele decidiu fazer depilação a laser. “Doeu um pouco, mas dá para suportar. E, apesar de ter feito apenas duas sessões, os pelos já não nascem mais”.

Renan já está vendo as mudanças, mas a dermatologista Dulcinea Bovo explica que são necessárias, em média, de seis a oito sessões para se obter um resultado a longo prazo ou definitivo.

Ela conta que a depilação a laser elimina totalmente o processo de foliculite (inflamação do folículo do pelo), melhorando a aparência da região depilada, como aconteceu com Renan. “Sem dúvida o laser é a técnica de escolha quando se pensa em resultados”. O inconveniente fica por conta da sensibilidade e do preço.

Da tecnologia mais avançada para uma velha conhecida dos homens: a lâmina, que é uma das técnicas mais comuns, indolor, mas que apenas corta os pelos.
Segundo a médica, o problema é que dura pouco, necessitando repetir o procedimento mais vezes. “Nos pacientes que possuem barba mais cerrada, o uso da lâmina costuma ser um motivo de reclamação, uma vez que eles podem se machucar com a mesma. Ainda pode favorecer o desenvolvimento da foliculite”, diz Dulcinea.

Cera

Para os homens que conseguem enfrentar a depilação com cera, a médica afirma que esse procedimento, de um modo geral, constitui um método mais traumático e doloroso. “Necessita ser refeita a cada ciclo do pelo, tendo uma durabilidade um pouco maior que a realizada com lâmina”.
O fato de se arrancar o pelo com o movimento de tração favorece muito o processo de foliculite. “Com o passar das sessões, os pelos se tornam um pouco mais fracos e não possuem força suficiente para romper o tecido, com consequente inflamação (pelo encravado)”, diz.

Há também os cremes depilatórios. De acordo com a médica, esta técnica é muito similar em termos de resultados com a lâmina, já que também apenas corta os pelos. “É mais interessante, pois não se tem o inconveniente da lâmina, porém os pelos grossos como os masculinos são mais difíceis de serem ‘cortados’ por meio desse processo químico”, avalia.

Agora é só escolher o que mais se encaixa com as suas necessidades.

Faça a sua escolha
Prós e contras

Lâmina
A dica é utilizar a lâmina no sentido de crescimento dos pelos e não ao contrário. Aumentar o tempo entre um barbear e outro também contribui para evitar a foliculite. Usar produtos específicos como espumas ou mousses próprios para o barbear e após fazer a barba também. Alguns produtos já contêm ativos que podem ajudar nesta questão

Laser
São necessários em média seis a oito sessões para se obter um resultado a longo prazo ou definitivo. Áreas com pelos mais grossos e densos são mais dolorosas, portanto a barba é um belo exemplo. O laser costuma oferecer um resultado muito satisfatório tanto em barba como pescoço e nuca. Não pode ser aplicada em peles bronzeadas e não oferece resultado em pelos brancos

Fotodepilação
É uma técnica que utiliza a luz intensa pulsada. É necessário maior número de sessões quando comparada ao laser. O grande atrativo costuma ser o preço por conta de inúmeras franquias que surgiram no mercado, mas o resultado deixa a desejar com o retorno dos pelos, necessitando manutenções mais frequentes. A técnica é também excelente para homens que sofrem com as foliculites e, da mesma forma que o laser, não deve ser aplicada em peles bronzeadas

Cera quente
A dica é usar uma loção com ativos anti-inflamatórios como azuleno, ácido glicirrízico e, às vezes, até acrescidos de antibióticos tópicos. Normalmente, este produto terá que ser manipulado, portanto, prescrito pelo dermatologista

Cremes depilatórios
Homens com peles mais sensíveis ou ainda alérgicos podem não ter tolerância ou ainda abrir um quadro alérgico por meio do contato com o produto. Esse procedimento é mais interessante em áreas corporais como peitoral e pernas, pelo fato de serem pelos mais espaçados e áreas maiores      Fonte

Depilação íntima brasileira aumenta risco de infecção – sites no

COMO ACABAR CON OS PÊLOS ENCRAVADOS NO BRASIL

Qué é a Depilação com linha – sites no brasil

DEPILAÇÃO NO BRASIL

DEPILAÇÃO DEFINITIVA NO BRASIL

Dicas para depilação com lâmina – sites no brasil

Depilação com linha no Brasil – sites no brasil

Depilação no Brasil – sites no brasil

RISCOS E VANTAGENS DA DEPILAÇÃO PERMANENTE NO BRASIL

Comente este artigo :

Tags: , ,