Saiba como se proteger do sol com o protetor solar

Saiba como se proteger do sol com o protetor solar

Os dermatologistas não cansam de alertar sobre a importância do protetor solar. Segundo os profissionais, o produto deve ser de uso obrigatório, para todas as pessoas, durante todo o ano. Mas é só no verão que muitas pessoas lembram de se proteger: 80% das vendas de protetor solar acontecem nessa época.

Ainda assim, na estação mais quente do ano, não é raro encontrar pessoas com a pele avermelhada ou “descamada”, por não utilizarem ou utilizarem incorretamente o protetor solar. Cabe alertar que caso feita de forma indevida, a proteção solar se mostra ineficiente, deixando a pessoa exposta, não só a raios prejudiciais, mas também a doenças, como o câncer de pele.

O Yahoo! consultou a dermatologista Ligia Piccinini Colucci, médica especialista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia, para tirar as dúvidas mais frequentes sobre o produto. Confira a seguir e saiba como aproveitar o sol e o calor da maneira mais saudável possível.

O que significam as siglas UVA e UVB que aparecem no protetor solar?

UV é a sigla para ultravioleta, que é um tipo de radiação eletromagnética. A radiação é muito prejudicial ao ser humano, e pode ser dividida em UVA, UVB e UVC. Esses raios, ao entrarem em contato com a pele do ser humano, podem causar sérios danos, dentre eles até mesmo o câncer de pele.

O que significa FPS? A partir do FPS 30 todos os protetores são iguais?

FPS significa Fator de Proteção Solar. Todo filtro solar tem um número que determina o seu FPS. O Fator de Proteção Solar pode variar de 2 a 100 nos produtos comercializados no Brasil. Vale lembrar que o FPS mede a proteção contra os raios UVB, responsáveis pela queimadura solar, mas não mede a proteção contra os raios UVA.

O filtro solar com FPS 30 bloqueia a maior parte dos raios UV e o aumento do FPS realmente aumenta pouco o bloqueio destes raios, mas aumenta. Usando um filtro solar com FPS 30 a pele levará 30 vezes mais tempo para ficar vermelha e usando um filtro com FPS 60, levará 60 vezes mais tempo. Se o tempo para a pele ficar vermelha aumenta, significa que protege mais e melhor. Para pacientes que tem problemas de pele como lupus, câncer de pele e outras condições quanto maior o fator, melhor.

Como descobrir qual é o protetor solar ideal para mim?

Hoje em dia, a cosmética dos protetores está muito melhor que há alguns anos quando só existiam protetores em creme. Hoje temos em gel, gel-creme, serum, loção, creme. O dermatologista é o profissional ideal para avaliar qual o veículo de protetor é o melhor para cada paciente e o fator.

Como aplicar o protetor corretamente?

Normalmente ninguem aplica corretamente. Então, vamos ao procedimento adequado. Aplique generosamente o filtro solar, 20 a 30 minutos antes de sair ao sol. Este é o tempo necessário para a estabilização do protetor solar na pele, de modo que sua ação ocorra com maior eficácia. Faça isso de preferência em casa, sem pressa. O ideal é uma dosagem equivalente a uma colher de chá para cada 2 cm cúbicos de pele, a cada 2 horas. Lembrando que mesmo na sombra é obrigatório o uso de protetor.

Posso usar o mesmo protetor solar no corpo e no rosto?

Pode, mas se o filtro do corpo for mais oleoso que o do rosto, será necessário usar um produto diferente para o segundo.

Excesso de filtro prejudica a produção de vitamina D?

Não. Moramos em um país tropical e estamos sempre expostos ao sol. O que mudou é que as crianças e adultos não saem mais à rua na mesma frequência que anos atras e a alimentação tambem piorou muito, o que contribui para produzir menos vitamina D. Vale ressaltar que a proteção solar absoluta é impossível de ser praticada e a radiação solar UVB do dia a dia é suficiente para promover a produção adequada de vitamina D.

Se aplicarmos um filtro solar com FPS muito alto, a chance de bronzear é menor?

Antes de mais nada, nunca tente adquirir a cor de um verão inteiro no primeiro dia de férias. Você deve entender que o bronzeado só vai começar a aparecer 48 a 72 horas após a primeira exposição solar. Este é o tempo necessário para que a melanina (pigmento que dá cor à pele) seja produzida e liberada pelas células. É um processo gradual e não adianta exagerar no sol para tentar apressá-lo. Bronzeamos mesmo com filtro solar muito alto. O filtro solar nos protege das agressões à pele com os raios UVA e UVB.

É realmente necessário reaplicar o protetor solar? O tempo de reaplicação do protetor solar é o mesmo para qualquer FPS?

Sim, a reaplicação do filtro é necessária e deve ser feita a cada 2 horas ou após mergulhar. Esse tempo é o mesmo para qualquer FPS.

Existe diferença entre os protetores “resistentes à água” e “à prova d’água”?

O produto “resistente à água” é capaz de resistir a 40 minutos de imersão em água, enquanto os à prova d’água resistem a 80 minutos de imersão em água. Isso significa que o FPS do produto se mantém inalterado por esses períodos de imersão em água ou atividade física moderada.

O protetor em spray é eficaz?

Sim, mas deve ser espalhado com as mãos mesmo após aplicado, a fim de conferir melhor espalhabilidade e uniformidade.     Fonte

CUIDADOS COM O SOL NO BRASIL

DERMOABRASÃO NO BRASIL

PLÁSTICA NOS OLHOS NO BRASIL

COMO ACABAR CON OS PÊLOS ENCRAVADOS NO BRASIL

Como apagar as marcas de expressão do rosto

PLÁSTICA NO NARIZ NO BRASIL – sites no brasil

COMO REDUZIR RUGAS AO REDOR DOS OLHOS NO BRASIL

TIPOS DE PEELING NO BRASIL

Comente este artigo :

Tags: ,