Dieta  »  Saúde

Conheça os hábitos de uma dieta bem sucedida

Conheça os hábitos de uma dieta bem sucedida

Alguns dramas são comuns entre as pessoas que estão de dieta: deixar de comer seus alimentos preferidos, lembrar-se de fazer todas as refeições, resistir às tentações… Vários pequenos hábitos que precisam ser mudados e nem sempre isso é uma tarefa fácil. “Primeiro é preciso entender que dieta não é sinônimo de comer menos ou só comer salada, e sim um conjunto de escolhas e fatores que beneficiam o seu corpo e refletem na balança”, explica a nutricionista Roberta Stella, chefe da equipe de nutrição do programa Dieta e Saúde. Pensando nisso, separamos alguns hábitos essenciais para se manter firme na dieta e incluir a alimentação saudável de vez em sua rotina. Confira!

Sem restrição

Tem gente que acredita que a dieta só funciona se você se priva de todos os alimentos que gosta, porque são calóricos. Apesar de resultarem em quilos a menos na balança, esses modelos não se sustentam em longo prazo. É o que afirma uma pesquisa feita pelo Instituto Nacional da Saúde e Pesquisa Médica da França, baseado em relatórios de mais de 100 mil pessoas, questionadas mensalmente durante três anos. Os dados revelaram que conselhos de especialistas em alimentação (nutricionistas e endocrinologistas) são mais eficientes para o emagrecimento quando comparado aos regimes restritivos. “Isso acontece porque a orientação de um profissional permite montar um cardápio variado com alimentos de sua preferência, afinal, fazer dieta é comer o que você gosta, mas em porções controladas”, afirma a nutricionista Roberta Stella, do Dieta e Saúde.

Durma bem

Durante o sono nosso organismo produz a leptina, hormônio capaz de controlar a sensação de saciedade durante todo o dia. Por isso, pessoas que tem dificuldades para dormir produzem menores quantidades de leptina. “A consequência disso é ingestão exagerada de calorias durante o dia, pois o corpo não se sente satisfeito”, explica o nutrólogo Roberto Navarro, da Associação Brasileira de Nutrologia. Além disso, pessoas que tem o sono restrito produzem mais do hormônio grelina, que provoca fome e reduz o gasto de energia. Segundo um estudo feito na Universidade de Chicago, pessoas que dormem de seis a oito horas por dia queimam mais gorduras do que aquelas que dormem pouco ou tem o sono fragmentado. De acordo com o estudo, dormir pouco reduz em 55% a queima de gordura.

Internet pode ser uma aliada

Quem passa o dia inteiro trabalhando em frente ao computador sabe como é difícil ter um tempo para se dedicar ao mundo fora da rede – principalmente quando o assunto é mandar uma dieta saudável. Nesse caso, porque não usar a internet a seu favor? Uma pesquisa publicada na revista médica American Jornal of Preventive Medicine mostra cinco razões que tornam os programas de emagrecimento na internet eficazes: preço baixo; privacidade e anonimato online; suporte via e-mail, 0800 ou chat; comodidade; e programa de manutenção do peso após o emagrecimento. “Incluir na dieta elementos da sua rotina pode ajudar você a se disciplinar, diminuindo as chances de desistência”, diz Roberta Stella. Uma opção para quem quer começar a fazer dieta pela internet é o programa de emagrecimento Dieta e Saúde, que é baseado na dieta dos pontos e possui diversos recursos que auxiliam na hora de escolher os alimentos mais saudáveis, além de aulas online com nutricionistas para tirar as suas dúvidas.

Coma devagar

Um estudo feito pela Osaka University, no Japão, revelou que pessoas que comem muito rápido tem um risco 84% maior de desenvolver obesidade do que os demais. A pesquisa monitorou os hábitos alimentares de três mil homens e mulheres, analisando a velocidade de ingestão dos alimentos nas refeições. Isso acontece porque a sensação de saciedade, ou seja, de que estamos satisfeitos, é enviada pelo cérebro ao nosso corpo aproximadamente 20 minutos depois de começarmos a comer. ?Quem come rápido, acaba consumindo mais do que deveria, pois não dá o tempo adequado para a percepção da saciedade pelo cérebro?, diz o nutrólogo Roberto. Por isso, é melhor comer com calma e mastigar bem os alimentos. Além de ser bem mais saudável, essa prática ajuda no controle do peso. ?Fazer a refeição com pressa também impede que você sinta os sabores e texturas dos alimentos, tornando a refeição mais sem graça?, completa a nutricionista Roberta.

Invista nos aplicativos

“O primeiro passo para manter a dieta e evitar comer em excesso é estabelecer uma rotina alimentar”, explica a nutricionista Roberta. E nada melhor do que usar a tecnologia para dar um empurrãozinho. A especialista recomenda usar os alertas do celular, por exemplo, para te ajudar a fazer as refeições no horário, ou então para lembrar de beber água e comer mais frutas. “Tirar fotografias das refeições para lembrar tudo o que comeu no almoço ou jantar também é uma dica para quem faz um diário alimentar”, aconselha Roberta. Caso você faça a dieta dos pontos, o programa de emagrecimento online Dieta e Saúde possui um aplicativo de celular no qual é possível fazer uma busca de alimentos e conferir sua tabela nutricional, bem como a quantidade de pontos da refeição. O aplicativo é gratuito e está disponível para Android e iPhone.

Acabe com o estresse

Pessoas em dieta constante tendem a comer mais e alimentos mais gordurosos quando passam por momentos de estresse, afirma uma pesquisa desenvolvida pelo departamento de psicologia da Universidade de Victoria, no Canadá. De acordo com os autores, as pessoas que alegavam comer mais do que o habitual e preferiam alimentos com mais calorias, gordura, sal, carboidratos e açúcar. A incidência de junk food também foi alta. “Quando passamos por momentos de muito estresse, é comum buscarmos o prazer imediato na comida, sob a justificativa de que merecemos algo mais saboroso, pois o dia foi difícil”, explica a nutricionista Roberta. Se você é o tipo de que desconta o estresse na comida, experimente ter sempre alimentos mais saudáveis por perto e procurar outras formas de relaxar, como ouvir sua música favorita ou fazer exercícios de respiração, por exemplo.

Coma várias vezes ao dia

“Dizer que para emagrecer é necessário fechar a boca não passa de um mito”, declara a nutricionista Roberta. De acordo com a especialista, passar longos períodos em jejum diminui o metabolismo, fazendo com que você exagere na refeição seguinte, saindo da dieta. “Ao passar horas sem comer, você sinaliza ao seu corpo que está passando por problemas, e ele começa a estocar toda a caloria ingerida, temendo que você passe por um jejum prolongado novamente e fique sem energia”, explica a nutricionista. Além disso, nós também gastamos energia ao comer – mastigação, deglutição, digestão, absorção e mesmo o transporte de cada nutriente até as nossas células dependem de energia. “Quem come até seis vezes ao dia em quantidades adequadas para cada horário, consegue gastar até 10% da energia que precisa ser desencadeada em um dia”, diz o nutrólogo Roberto Navarro.

Largue a televisão

Uma pesquisa feita pela área de medicina da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, descobriu que pessoas que ficam muito tempo na frente da televisão engordam mais. Isso acontece porque, quando estamos vendo TV, nosso metabolismo descansa e, por isso, precisa de menos energia para se manter ativo, queimando menos calorias. “Quando você está distraído com a TV perde a noção do que está ingerindo, não tem uma boa mastigação e acaba comendo em excesso”, diz Roberta Stella.     Fonte

DIETA DO ABDÔMEN NO BRASIL

DIETA DA LUA NO BRASIL – sites no brasil

DIETA DE FRUTAS E VERDURAS NO BRASIL

DIETA DO MEDITERRÂNEO NO BRASIL – sites no brasil

Dicas para incluir quinoa na sua dieta

DIETA DO SANDUÍCHE NO BRASIL

dieta hipercalórica para ganho de massa muscular no brasil

Conheça os doces para consumir durante a dieta

DIETA ANTICELULITE NO BRASIL – sites no brasil

DIETA DOS 3 DIAS NO BRASIL

DIETA PARA LIMPEZA DO ORGANISMO NO BRASIL

Comente este artigo :

Tags: , , , , ,